Um poema escrito na prisão

Estimulado por Santa Teresa de Jesus, São João da Cruz empreendeu o grande projeto de reforma do Carmelo masculino.

No entanto, as propostas do santo para a mudança dos costumes não foram bem aceitas pelos irmãos. Os anos de sua luta pela reforma foram de muitas decepções.

Em 1577, São João chegou a ser preso no Carmelo. Durante esse período recluso, em que o trancafiaram numa espécie de solitária, onde entrava apenas um pequeno ponto de luz, o santo poeta recebeu a inspiração para escrever o seu poema místico, muito conhecido, “Noite Escura”.

Neste poema, São João da Cruz narra a plenitude de uma alma que está unida a Deus, que a visita de surpresa numa noite escura.

“Em uma noite escura,
em ânsias, e de amores inflamada, 
oh! ditosa ventura!
Saí sem ser notada,
Estando minha casa sossegada.”

São João da Cruz

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Posts relacionados

Os Mártires do Sagrado Coração

No mês de abril de 1794, sete insurrectos foram condenados à morte porque, ao serem detidos, traziam consigo estampas do Sagrado Coração. Era o suficiente